Tirinha: Goiaba com Framboesa #09/2012 - Dia Internacional da Mulher

Uma homenagem ao dia Internacional da Mulher (e também uma crítica)
com mais um episódio de...
Goiaba e Framboesa

Escrita e Desenhada por Frederic Assis Spekman
Hoje colorida por Tebhata Spekman (porque senão seria tirinha p&b)
Todas as Quintas Feiras no www.marrymelody.com.br

É sua primeira vez no site?
Que tal ver as tirinhas anteriores?



Gostou? Tem dúvidas, Sugestões ou críticas?
Reivindique!
Sua Opinião é importante!


Nota de Tebhata Spekman - Confesso que ontem durante a pesquisa do Fred fiquei revoltada... é só procurar no Google "mulheres revolucionarias" e num dos primeiros resultados um site com "20 mulheres revolucionárias" a 1ª pela votação era a Madonna e em segundo a Joelma! É isso mesmo? As mulheres revolucionárias que inspiram outras? ¬¬ 
Revoltante e humilhante!

Comentários

  1. Putzgrilla! Tá cheio de erro de pontuação essa p... ¬¬ Acho que me superei nessa! Melhor mensagem com a pior escrita! É o castigo por não ter tido tempo ontem de fazer revisão.

    ResponderExcluir
  2. Realmente a Joelma revolucionou meu modo de ver o mundo...


    Vi que o mundo estava ficando cada vez pior! XD


    Bjos pra você e pra Tebh!

    ^^/

    ResponderExcluir
  3. Sem contar que todo mundo sabe que o maior revolucionário da história foi...


    CHE GUEVARA...

    ResponderExcluir
  4. Ah, é... FELIZ DIA DAS MULÉ, MINHA IDALAAAAAAAHHHHHHH... *__*

    ResponderExcluir
  5. Beijos para você também, Mid-Misha! E feliz dia internacional da Mulher para você!

    Grande João! Já faz tempo, heim rapaz! Abração na turma aí de Ipatinga! (Aliás, acompanhei o Tigrão no rádio aqui. Tigrão e Gremio na Copa do Brasil, até o Che Guevara vai tremer no túmulo!)

    ResponderExcluir
  6. Muito machista essa tirinha. De extremo mal gosto.
    Que as mulheres se vistam como quiserem, que sejam o que forem. Todas merecem respeito.
    E claro, não só hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, que se vistam como quiserem, que façam o que quiserem, mas é EXATAMENTE pelas pessoas acharem que apenas essas "celebridades" serem as mulheres de verdade, que as mulheres AINDA são desvalorizadas e colocadas como uma sexo "frágil". A crítica não é a quem faz o que que faz ou deixa de fazer. É crítica a FUTILIDADE que a mídia gera em cima desta informação. Quando o Fred tentou fazer a tira, ia ser outra. Mas ao procurar sites sobre mulheres revolucionárias só aparecia posts SOBRE ISSO, "revolução na mídia"? Fala sério! As mulheres são MUITO MAIS que isso!

      Que se vistam como quiserem, que façam o que quiserem... mas ter um PINGO de conhecimento sobre as mulheres que conseguiram fazer nós todas podermos fazer TUDO o que podemos fazer hoje, mulheres que quebraram barreiras e mostraram que somos capazes de tudo! Que realmente fizeram REVOLUÇÃO não é preconceito. É CONHECIMENTO! E isso, minha cara, nunca é d+! ;)

      E sim, que esse respeito, conhecimento e revolução não seja de um dia.

      Excluir
  7. Concordo em gênero, número e grau com tudo! Parabéns pelo post!! Muito realista!

    Agora vamos citar pelo menos um nome digno: Princesa Isabel.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Marry & Melody - Quer se tornar um parceiro?